BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 30 de abril de 2010

AO MEU PAI...



Pai, teria ainda muito a lhe dizer se a sua partida não tivesse ocorrido, mas as palavras engasgam e as lágrimas insistem em mostrar que são mais fortes que as palavras...Tenho tanta necessidade de saber mais sobre sua vida, de ficar feliz só pelo fato de ver sua letra rabiscada em um canto qualquer de um simples papel, de escutar sua voz nas melodias autodidatas de um sonho não realizado de ser cantor, de parar e lembrar do movimento de seus lábios onde claramente lia-se o "Deus a abençoe, minha filha"...

Sua voz calou-se para sempre, mas a cura pelo perdão resgatou valores e uma vida inteira vivida em apenas três meses merecerá ser lembrada para sempre. Você foi o meu grande amor, meu pai...Nas brigas eu, na realidade, era você. O sofrimento nos aproximou novamente depois de tantos anos para nos redimir e nos curar definitivamente.

Falar hoje de sua presença em minha vida é dizer tudo em uma simples frase: você foi um grande homem...pra mim você foi mais: você foi o meu herói anônimo. Herói que a gente não deseja mais esquecer e que a saudade insiste em marcar a ferro e fogo em nosso coração sua passagem por esta vida.

Pai, muitas coisas não foram ditas e meu coração chora ainda a sua ausência, mas deixo registrado minha enorme admiração pelo seu legado. Legado de honestidade, de bom caráter, de religiosidade sem limites, de força e perseverança.

Nós éramos muito iguais...e o senhor sabia bem, até mesmo pelas leis da Física, que os iguais não se atraem. Mas Deus, esse Ser maravilhoso e que de tudo cuida, tratou de mostrar mesmo em meio a tanto sofrimento que os princípios da Física podem ser quebrados. Em toda regra há exceção: em nosso caso, fomos unidos novamente e pelo perdão...

Nesses quase três meses vivemos os nossos momentos, a nossa reconciliação. Hoje choro a sua falta, mas sei que Jesus me deu muito mais do que pedi a Ele: me proporcionou estar a seu lado no final de sua jornada terrena.

O senhor levou consigo a minha admiração e escreveu nas páginas da minha vida que nada tem maior importância do que o amor verdadeiro.

Obrigada por ter me dado o privilégio de ter sido sua filha por 47 anos. Obrigada por sua história tão rica de vivência e aprendizado. Obrigada pelo "me desculpe", pelo "eu te amo", pelo "meu grande amor", pelo "minha princesa" e pelos beijos mandados no final de cada visita mesmo em meio a tanta dor física. Significaram muito...muito para mim. Creia.

Pai, sei que o senhor hoje está nos braços do Criador e, reproduzindo a letra daquela linda canção que deixou gravada, tenho a certeza absoluta que já disseste a Jesus: "estou limpo, Meu Senhor, estou limpo"...

Sempre, sempre vou te amar. Fica em paz...

2 comentários:

Margarida Helena disse...

Amiga, obrigada por ser parte irrevogável de sua vida.
Obrigada por confiar.
Obrigada por compartilhar esses momentos tão lindos, tão íntimos, e que certamente lhe farão sempre bem, a cada vez que relembrá-los.
E, só para nós, obrigada por me mostrar que eu posso e devo ser melhor, que o meu amor por meu pai tem que ser maior do que qualquer diferença do passado, ou interferência alheia no presente.
"Posso até chorar, mas a alegria vem de manhã ... "
Bjão,
Margarida Helena.

Giselle disse...

Oi Prima, muito linda a mensagem, e o mais importante repleta do puro sentimento de amor. Realmente nesta vida, o que fica, são os pequenos e simples momentos que passamos com aqueles que nós amamos. O Pai Celestial é muito bondoso e amoroso, e nos conforta sempre. Você é uma mulher abençoada por Deus, por essa fé genuína que você tem. Que o senhor te abençoe cada vez mais e conforte o teu coração com a paz que só ele pode nos proporcionar. Mil bjos...